Unimagem Medicina Diagnóstica

Atendimento ao Cliente

(85) 3003-8888

Resultados de exames dos meus pacientes

Ver Tutorial
 

Fique Atualizado

Gostaria de receber informações e novidades sobre a Unimagem?

Autorizo o recebimento de informações via e-mail.

Não tenho interesse em receber informações via e-mail.





Masculino Feminino



Atenção: O nono digito (9) será adicionado automaticamente nos celulares de SP.


Enviando
Aguarde. Estamos redirecionando para a página de
Resultados de Exames.


Horário atendimento

Emergencial:
24 horas

Ambulatorial:
Segunda a sexta:
das 7h às 18h
Sábado:
das 8h às 12h

Ressonância Magnética:
24 horas

Mamografia e Densitometria óssea:
Segunda a quinta:
das 7h às 18h

Sexta e sábado:
das 7h às 12h e 13h às 18h

Ultrassonografia e Doppler:
Segunda a sexta:
das 8h às 11h e das 14h às 17h
Sábado:
das 8h às 10h


Localização

Av. Santos Dumont, 5633 - Papicu
Fortaleza - CE
60150161

Sobre a DASA

Informações gerais sobre a DASA, maior empresa da América Latina e quarta maior do mundo.

Saiba mais

Sobre a Unimagem

Informações gerais sobre a Unimagem Medicina Diagnóstica.

Saiba mais

Sustentabilidade

A DASA está comprometida a ser uma empresa socialmente responsável, trabalhando preocupada com o bem-estar da comunidade e com o meio ambiente.

Saiba mais


Leptospirose

Leptospirose

 

Definição

A leptospirose é uma doença infecciosa aguda, causada pela leptospira, e ocorre no mundo inteiro, podendo acometer homens e mulheres. Em cerca de 90% dos casos, sua evolução é benigna.

Causas

A leptospirose é causada pela bactéria Leptospira. A infecção está associada ao contato com água, alimentos ou solo contaminados pela urina de animais infectados. A bactéria pode ser ingerida ou contaminar pelo contato com a mucosa ou as partes da pele que contenham lesões expostas.

Sintomas

A maioria dos indivíduos contaminados não apresenta sintomas ou estes são discretos. Na forma grave, cerca de duas semanas após a contaminação, podem aparecer febre, calafrio, dor muscular e fotofobia (desconforto diante da luz). Também pode haver comprometimento de vários órgãos e do sistema vascular. Alguns pacientes apresentam icterícia (pele e mucosas amareladas).

Diagnóstico

O diagnóstico é feito por meio da história clínica do paciente. Entretanto, a confirmação é feita por exames laboratoriais e testes sorológicos específicos.

Tratamento

Procurar um médico com regularidade e, principalmente, aos primeiros sinais da doença é fundamental para que ele possa indicar o melhor tratamento para cada caso. Somente o médico deverá orientar o paciente em relação aos procedimentos adequados e ao uso de remédios.

O tratamento é feito com a administração de antibióticos específicos, além de medicações para alívio dos sintomas quando estão presentes.

Prevenção

Em se tratando de um problema de saúde pública, a imunização de animais domésticos está indicada como rotina. A falta de controle dos ratos e as precárias condições de vida de parte da população estão diretamente associadas à maioria dos casos no Brasil. Algumas profissões (agricultores, trabalhadores em abatedouros, caçadores, veterinários, trabalhadores em esgotos, entre outras) possuem alto risco de contaminação e a proteção é fundamental.

 

Editora médica: Dra. Anna Gabriela Fuks (615039RJ)
Jornalista responsável: Roberto Maggessi (31.250 RJ)

 

Veja também:   

Compartilhe:

  • Compartilhar no Facebook
  • Indicar para um Amigo
  •  

    Indique para seu Amigo




















 
 
 
Unimagem Medicina Diagnóstica © 2018 Unimagem Medicina Diagnóstica. Todos os direitos reservados.